Vietnã: Roteiro de 12 dias do norte ao sul do país

por | maio 21, 2017

vietnam

Caos + comida deliciosa + o melhor café do mundo + motocicletas + chapeus = Vietnã. Ou você ama, ou você odeia. É impossível ir pra lá e não sentir nada.

Chegar ao Vietnã foi um choque. Primeiro porque descobri que tudo que eu sabia sobre o país limitava-se ao filme “Nascido em 4 de julho” e à versão americana sobre a Guerra do Vietnã (a qual os vietnamitas chamam de Guerra da América). Segundo porque Hanói, a minha porta de entrada, é um caos desconcertante. A poluição do ar, visual e sonora me tiraram do eixo e me deram uma péssima primeira impressão.

Só quando saí do país, 12 dias depois de ter viajado de ônibus, trem, avião e barco de norte à sul, fui entender o modo de vida vietnamita e os seus porquês. E foi aí que me apaixonei.

O país é incrível, inclusive uma das 7 Maravilhas da Natureza está por lá – Ha Long Bay -, além de ser super barato (se o sudeste asiático já é barato, o Vietnã é o paraíso dos mochileiros).

ha long bay

Aonde mais você consegue comprar cerveja boa por 30 centavos de Real? E a comida? Com menos de 5 dólares vocês faz um verdadeiros banquete dos deuses. A primeira mordida que dei num fresh spring roll da birosca da esquina já me fez elencar a culinária do país como uma das minhas preferidas da vida. Tudo sempre fresquinho e saboroso.

As entradas das atrações não custam mais de 2 dólares (com exceção do cruzeiro para Ha Long Bay), hospedagem dá pra conseguir a partir de 10 dólares.

vietnamese frech roll

O café… ah o café… orgulho nacional, mas os vietnamitas fazem questão de dizer que: “Brazil first, Vietnam second”, se referindo a quem são os maiores exportadores mundiais da iguaria. Quanto ao sabor, mil desculpas ao nosso cafezinho, mas o de lá ganhou minha preferência. Seja o mais famoso, com leite condensado, seja o café preto e forte (sem açúcar, por favor).

cafe

No Vietnã as pessoas costumam se sentar de cócoras pra descansar. Não importa se é um bebê ou um velhinho, o alongamento que os vietnamitas tem nos quadris é de dar inveja até em professor de yoga.

Talvez pelo hábito de se sentarem assim, os restaurantes e bares locais usam nas calçadas mesas tão pequenas como aquelas de criança. É engraçado ver um monte de adulto sentado em mesas tão baixinhas.

vietnam

Motocicletas estão por todos os lados. Nas ruas, nas calçadas, na contramão. 1, 2, 3, 4, 5 pessoas em cima delas. Eles as usam pra se locomover, pra fazer mudança, pra carregar as coisas, pra tirar um cochilo, pra tirar uma onda. E buzinam. Buzinam muito e pra tudo. Pra pedir licença, pra alertar que estão passando ou até pra dar um oi. Por que não?

vietnam

Um país que passou por dezenas de guerras, mas tem o orgulho de dizer que venceu todas elas. Desde a invasão chinesa há quase 3 mil anos, as ocupações mongóis nos anos 1200, a colonização francesa no século XIX e japonesa durante a 2ª Guerra Mundial, a divisão do país durante a Guerra da Indochina, culminando no que chamamos de Guerra do Vietnã e que durou 20 anos, até a reunificação do norte com o sul, tornando-se uma república socialista da qual milhares de opositores tentaram fugir.

Leia também: Camboja – The killing Fields, S-21 e o Kmer Vermelho

Uma das fotos mais famosas e chocantes do mundo foi feita lá. A da menina vietnamita que corria nua pelo seu vilarejo, com o corpo queimado, após os americanos jogarem uma bomba de Napalm (o agente laranja) naquelas terras.

guerra do vietnam

Os horrores da guerra contra os Estados Unidos vocês podem ver no Museu da Guerra, em Ho Chi Minh (preparem-se para chorar). É também na antiga Saigon que vocês entenderão as técnicas de guerrilhas adotadas pelos Viet Cong, quando visitarem os Cu Chi Tunnels.

cu chi tunnels

Saigon, aliás, mudou de nome para Ho Chi Minh como forma de homenagear o grande herói de boa parte da história do país, desde a briga pela independência da França, até a reunificação do norte com o sul. Ho Chi Minh é adorado pela grande maioria dos vietnamitas, principalmente por aqueles que defendem o socialismo.

ho chi minh

Apesar do Vietnã ter-se aberto economicamente no fim dos anos 80, ainda hoje se auto denomina um país socialista e tem um único partido, o Partido Comunista, que comanda todos os órgãos do governo.

vietnam

 

O QUE FAZER NO VIETNÃ

Nosso roteiro durou 12 dias (dentre os 30 que rodamos pelo sudeste Asiático, passando também por Camboja e Tailândia). Ele foi feito com muito planejamento e cuidado, explorando o que de melhor cada cidade tem a oferecer.

Fizemos nessa ordem aqui:

  • Hanoi – 2 noites, seguindo de mini van e barco para
  • Halong Bay – 1 noite (tour de 2 dias), voltando de barco + mini van para
  • Hanoi – 1 noite, seguindo de trem noturno para
  • Hue – 1 noite, seguindo de ônibus para
  • Hoi An – 3 noites, seguindo de avião para
  • Ho Chi Minh City (antiga Saigon) – 3 noites, seguindo de ônibus noturno pro Camboja

Hanoi e Ho Chi Minh, as antigas capitais do norte e do sul, mesmo já tendo sido inimigas, guardam muitas similaridades. O caos, os arranha-céus e os cafés hipster comandados geralmente por gringos que se mudaram pra lá, estão entre elas.

ho chi minh

Hanoi é um mix de oriente com ocidente. Todo o frenesi do Old Quarter, mas cheia de restaurantes chiques e moderninhos no bairro dos estrangeiros que vivem por lá. Não é uma cidade pra dar check nas atrações turísticas, é pra observar pessoas, comer MUITO bem e viver o frenesi. 

LEIA TAMBÉM: VIETNÃ IMPERDÍVEL: 4 DIAS EM HANOI E HALONG BAY

vietnamese food

Ho Chi Minh é bem mais bagunçada e suja que sua irmã do norte, mas não menos interessante. Para viver uma boa experiência na antiga Saigon é preciso ter paciência. É uma cidade muito quente, muito tumultuada e muito intensa. Ame ou odeie.

vietnam

Ha Long Bay é um dos lugares mais impactantes que já conheci na vida. Me senti dentro de um cenário de filme. Aquelas rochas saindo do mar tem uma energia e uma beleza tão misteriosa, que só indo pra entender.

ha long bay

Já a região central é outra história. As buzinas ainda fazem parte do cenário, mas o ritmo das coisas é bem diferente.

Hue foi capital do país até 1945, quando o imperador abdicou em favor do Comunismo que se instaurava no país. Uma cidade pequena, que guarda dentro dela um tesouro chamado Cidade Imperial, considerada miniatura da “Cidade Proibida dos Imperadores Chineses” em Pequim, desde 1993 Patrimônio Mundial da Unesco.

hue

Hoi An, a 3 horas ao sul de Hue, é encantadora. Um vilarejo colorido, apaixonante, famoso pela venda de tecidos, pelas costureiras que fabricam a roupa que você quiser no mesmo dia e pelas lanternas coloridas que se acendem todas as noites. Eu amei com todas as minhas forças esse lugar.

lanternas de hoi an

MELHOR ÉPOCA PARA VISITAR

Tudo depende pra onde você vai. Assim, como na Tailândia, o Vietnã é afetado pela monções e tem uma grande variação do norte ao sul. O sul tem um clima tropical úmido: MAI a NOV – chuva; DEZ a JAN – clima seco e fresco; FEV  a ABR – seco e quente. Já o norte tem um clima sub-tropical: MAI a OUT – quente e chuvoso; NOV a ABR – seco e frio.

Fomos em janeiro, o clima no norte era agradável (20º e poucos graus), pegamos poucos dias de chuva fraca, mas Ha Long Bay estava bem cinza (na verdade, acho que ela sempre está assim). No sul fazia um calor de mais de 30º graus e clima bem úmido.

Dito isso, se você vai rodar pelo país inteiro, não tem muito que se preocupar em que mês ir, pois as temperaturas variam bastante de uma região a outra.

vietnam

 

COMO CHEGAR

Não há vôos diretos do Brasil pra lá. Nós já estávamos em Londres e chegamos primeiro na Tailandia, voando pela Jet Airways para Bangkok, com escala em Nova Deli. O Vôo até Deli foi tranquilo e o avião confortável. Já não posso dizer o mesmo no vôo de Deli pra Bangkok. Lotado, bagunçado, péssimo. Eu não repetiria a experiência.

De Bangkok para Hanoi voamos pela Viet Jet, uma companhia low cost, barata e básica. Ainda no check-in no aeroporto de Bangkok o atendente da companhia pediu pra ver nossa passagem de saída do Vietnã (eles pareciam bem rígidos quanto a isso). Como nós não tínhamos comprado ainda, pois estávamos fazendo um tour pelo Sudeste Asiático com tempo meio livre, tivemos que arrumar uma passagem de ônibus de Ho Chi Minh pro Camboja. A sorte é que conseguimos comprar pela internet (já não me lembro em qual site)

Brasileiros precisam de visto pra entrar no Vietnã. Eu tirei o meu na embaixada do país em Londres. Bastou levar meu passaporte, o formulário preenchido e o comprovante de depósito da taxa. Mas também existe a possibilidade de consegui-lo diretamente no aeroporto no momento da chegada ao país, o Visa on Arrivel, fazendo uma “pré-solicitação” online (http://visa-vietnam.vn/en ou https://www.myvietnamvisa.com/ – estes são alguns dos sites)

vietnam

 

COMO CIRCULAR NO VIETNÃ

Nós usamos todos os tipos de transporte que pudemos. Avião, trem, ônibus, barco e moto.

De Hanoi a Ha Long Bay contratamos um tour de barco (é a única possibilidade de visitar a baia). A empresa (Viola Cruises – contratada diretamente no hotel) nos buscou de minibus no nosso hotel. De lá foram cerca de 5 horas até a baía de Ha Long, de onde pegamos o barco para passar 2 dias (existe a possibilidade de fazer tours de 1, 2, 3 ou 4 dias). Nós ficamos dois dias e achamos suficiente.

ha long bay

De Hanoi a Hue viajamos de trem. Compramos as passagens na própria estação. Como a viagem é longa (cerca de 12 horas), preferimos pegar o trem noturno. Na hora de comprar a passagem você pode escolher entre o colchão standard ou o macio, mas na verdade o que chamam de macio é bem fininho e um pouco duro. Todas as camas tem um pequeno compartimento pra guardar as malas.

trem vietnam

O trem balança bastante e faz um pouco de barulho. O banheiro era bem sujo e fedido. Mas, no fim das contas, é uma experiência ok de viver. Vale o custo x beneficio.

trem vietnam

De Hue a Hoi An viajamos de ônibus. O hostel onde estávamos nos indicou a empresa de turismo que faz esse trajeto (existem várias) e eles foram nos buscar no próprio hostel. Quase todos os ônibus de viagem vietnamitas são do tipo “banco-cama”, que te permite ir completamente deitado a viagem toda, super confortáveis. Além da viagem ser super bonita.

onibus vietnam

Tanto em Hue, quanto em Hoi An alugamos moto para andar dentro das cidades. Foi a melhor coisa que fizemos. A princípio pode parecer loucura pilotar uma moto no trânsito caótico do Vietnã, mas uma vez que você pega a manhã, não tem mistério. E no fim a moto nos deu uma liberdade e uma economia que nenhum outro meio de transporte nos daria.

moto vietnam

De Hoi An a Ho Chi Minh fomos de avião pela Vietnam Airlines. O vôo foi super tranquilo e a cia aérea foi uma das melhores que já viajei, tem até lounge no aeroporto com comes e bebes a vontade.

Existe a possibilidade de fazer esse trajeto de trem ou ônibus, mas leva muito tempo (cerca de um dia inteiro).

  

LÍNGUA, MOEDA E RELIGIÃO

Não tente entender, nem tentar pronunciar o vietnamita. Apesar do alfabeto se o mesmo (com mais acentos do que o nosso), a pronúncia das letras é completamente diferente. Nos hotéis, restaurantes e lojas as pessoas falam inglês básico. Taxistas quase não falam, então é melhor escrever o endereço num papel pra não ter erro.

A Moeda é o Dong. Você pode ou trocar seu dinheiro no aeroporto ou sacar em algum dos ATM’s espalhados pelas cidades. Mesmo o câmbio sendo um pouco pior, essa é sempre minha opção (por pura comodidade).

Quanto à religião, apesar de ser vizinho da Tailândia e do Camboja, que são budistas fervorosos, no Vietnã a grande maioria da população declara-se sem religião, herança do longo período comunista que dominou o país após a 2ª Guerra Mundial.

vietnam

Um país repleto de contrastes, caótico com suas motos, mas pacífico com suas plantações de arroz. Um lugar que vai ficar gravado no imaginário de quem se aventurar por lá.

Gostou do Post? Compartilhe!

Gostou do Post? Compartilhe!

– organize sua viagem e ganhe descontos –

Fazendo suas reservas pelos nossos links, você recebe descontos, nós ganhamos uma pequena comissão dos nossos parceiros e todo mundo viaja feliz.

leia também:

Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial