Passo-a-passo: Visto de esposa para o Reino Unido

por | set 4, 2018

Londres

Aqui nesse post você vai encontrar o passo-a-passo para solicitação do visto de Settlement – Spouse, ou visto de esposa de um cidadão britânico, que dá direito ao brasileiro de morar, trabalhar e usar os serviços de saúde do Reino Unido. Para qualquer outro tipo de visto, sugiro consultar o site www.gov.uk.

Eu e Paul nos casamos em junho de 2018, depois de um longo, estressante e custoso processo nos cartórios brasileiros. Como decidimos que nossa casa seria em Londres pelos próximos anos, tive que dar entrada no meu visto de esposa, que me dá direito a morar, trabalhar e usar os serviços de saúde legalmente no Reino Unido pelos próximos 2,5 anos (extensíveis por mais 2,5 anos). Somente após 5 anos poderei dar entrada na cidadania britânica.

Leia aqui o passo-a-passo de casamento entre brasileira e estrangeiro no Brasil

Antes de começar, você precisa saber que o processo é complicadíssimo, caríssimo, demorado e nem o consulado britânico ou o VSF Global, escritório no qual você entrega a documentação do visto, te darão QUALQUER orientação. A resposta padrão de ambos será: veja no site Gov.uk. Você pode até tentar… tanto eu brasileira, quanto meu marido inglês fomos no Consulado e no VSF pessoalmente, ligamos, mandamos e-mail, mas os caras não dão nenhuma informação sobre visto.

Você tem duas opções: contratar um bom advogado, que geralmente cobra cerca de 1.000,00 Libras para te orientar, ou investir bastante tempo, paciência, estudar o site do UK e fazer o processo por conta própria, que foi a nossa escolha.

O site onde se encontram todas as informações sobre todos os tipos de visto para o Reino Unido é o www.gov.uk , que está todo em inglês. Achamos super complicado, cheio de links que te levam pra outros links até você se perder. Nós começamos a estudar o site uns 6 meses antes do casamento pra chegar no passo-a-passo que te conto abaixo.

Tube Londres

Basicamente o que você precisa comprovar é:

– Que o casamento é verdadeiro e não uma farsa para se conseguir o visto. A certidão de casamento é apenas um dos comprovantes. Se você vive em União Estável, precisará comprovar que divide o mesmo teto e a vida com a outra pessoa há, pelo menos, 2 anos.

– Que você fala inglês. É preciso fazer a prova do IELTS Life Skills A1 numa escola reconhecida pelo governo britânico.

– Que o seu sponsor (no caso, meu marido) recebeu, pelo menos, 18.600 Libras por ano nos últimos 2 anos ou que um de vocês tenha investimentos de cerca de R$320.000,00 (caso vocês tenham filhos o valor aumenta).

OBS: Importante saber que nós dois nunca fomos casados antes e não temos filhos nem dependentes. Se você tem dependentes ou é divorciado, precisará juntar outros documentos, mas não sei informar quais são.

Prepare seu tempo e o seu dinheiro. O visto leva cerca de 12 semanas para (e se) sair e você deverá dar entrada no Brasil. Se estiver no Reino Unido, deverá retornar ao Brasil pra fazer o processo. O valor total investido é de cerca de R$15.000,00 (cambio de 4,50 de jun/18), entre taxa do visto, serviço de saúde, traduções juramentadas, taxas extras, etc.

É possível solicitar um quick process (processo rápido) pagando uma taxa extra de R$2.400,00, a qual deveria reduzir para 4 semanas o tempo de espera para sair o resultado do visto. Nós pagamos pelo processo rápido, mas jogamos dinheiro no lixo, pois meu visto só saiu depois de 12 semanas.

Também é possível manter o passaporte com você durante o processo, pagando uma taxa extra de R$320,00. Mas, importante, em todos os lugares onde me informei falaram não ser aconselhável que se entre na Inglaterra durante o processo do visto, pois isso poderia pesar contra a decisão final. Você pode ir pra qualquer outro lugar, menos pro Reino Unido.

 

Londres

Todos os documentos exigidos para o visto Settlement – Wife (o visto de esposa/marido de cidadão britânico) estão nesse link  aqui . Mas muitas das coisas listadas ai não são necessárias, então leia o passo-a-passo abaixo antes de se descabelar.

 

1 – Comece separando os documentos do brasileiro. 

– Certidão de nascimento com Apostila de Haia;

– Tradução juramentada da certidão de nascimento (faça a tradução depois de ter apostilado a sua certidão);

– Certidão de casamento com Apostila de Haia;

– Tradução da certidão de casamento (faça a tradução depois de ter apostilado a sua certidão);

– Diploma universitário (se tiver). Eu entreguei em português mesmo, pois esqueci de traduzir. Mas sugiro que o traduza também. Não precisa de Apostila de Haia nesse documento;

– Passaporte atual com ao menos uma página livre pra colocarem o visto. Ele ficará retido durante todo o processo, a não ser que você pague a taxa de R$320,00 para ficar de posse dele e só levá-lo quando o visto sair. De qualquer forma, você deve apresentá-lo no dia.

– Cópia simples dos passaportes antigos que tiver;

– Extrato bancário / financeiro em papel timbrado e carimbado pelo banco (caso seja relevante a quantidade de dinheiro que você tem no banco);

– Resultado do teste IELTS Life Skills A1. Esse é o IELTS mais fácil de todos, somente listening e speaking sobre questões do dia-a-dia. Fiz o teste no British Council do Rio De Janeiro FGV, Rua Candelária, 6. Custou R$640,00. Atenção: agendar com antecedência, numa escola que seja reconhecida pelo Governo Britânico (isso é muito importante! Conheço pessoas que tiveram o visto negado, pois o teste IELTS que fez não era reconhecido).

Nesse link aqui  você encontra uma lista dos lugares autorizados para fazer o IELTS.

– Alguns lugares pedem duas fotos 0,45 x 0,35, mas no VSF Global do Rio não me pediram. Eles tiram sua foto lá na hora;

– Você deve levar todos os documentos originais, eles irão escaneá-los e devolvê-los no próprio dia. Não é preciso tirar cópias, nem autenticar nada. Nós gastamos um dinheirão com autenticações à toa, pois achei que eles fossem reter meus documentos originais. Tire cópias apenas de documentos que não estejam em formato A4 (fotos, passaporte antigo, diplomas, por exemplo), pois eles só aceitam em A4, que é o formato que cabe no scanner deles.

Skyline de Londres

2 – Agora separe os documentos do britânico:

– Cópia simples do passaporte;

– Todos os comprovantes financeiros relevantes que comprovem que ele recebe um mínimo de 18.600 Libras por ano. O Paul incluiu os tax returns dos dois últimos anos, pay slips, invoices e bank statements. Tudo que comprove que ele tem o dinheiro mínimo exigido;

Veja nesses links aquiaqui todas as informações financeiras que deverá providenciar

– Comprovante de residência (permanente ou temporária) no Reino Unido;

– Imprimir e preencher a mão o formulário Sponsorship Undertaking, esse aqui;

– Escrever uma Sponsor Letter, onde ele vai contar a história do relacionamento de vocês e como planejam a vida daqui pra frente.

Café vegano em Londres

3 – Imprimir e preencher a mão o Appendix II

– Você encontra esse formulário nesse link aqui . Ele contém uma série de perguntas sobre você e seu cônjuge;

– O guia para o preenchimento dele é esse aqui. Leia atentamente, pois as respostas devem estar no formato que eles pedem, e preencha somente o que lhe couber.

 

4 – Junte os comprovantes de relacionamento 

– Fotos, prints de conversas de Whatsapp, Facebook, Instagram, cartas e cartões de vocês ou da família pra vocês, transferências bancárias, etc.

– Coloque todos os prints em um word no formato A4 e imprima.

casamento brasileira e britânico

5 – Registre-se no site Visa4UK

– Clica nesse link aqui e comece a preencher as informações online. Esse é o formulário mais importante do visto, portanto esteja atento e preencha tudo que for pedido da forma mais verdadeira possível. Ele é dividido em etapas e só dá pra ver a próxima quando você submete o formulário e já não pode mexer mais nele;

– A primeira etapa é a Aplication, onde você preenche uma cacetada de informações sobre você e seu cônjuge;

– Depois vem a Declaration Signature, onde você “assina” (online mesmo) garantindo que todas as informações são verdadeiras;

– A terceira etapa é a BRP Collection Location. Nela você deve colocar o Zipcode de onde vocês vão morar (mesmo que temporariamente) para que seja escolhido o local onde você vai recolher a sua identidade de estrangeiro;

– A quarta etapa é o Appointment, onde você marca um horário no escritório da VSF Global no Brasil pra entregar todos os documentos que listei acima. Na hora de fazer o agendamento você deve selecionar STANDARD VISA – SETTLEMENT – WIFE;

– A quinta etapa é o IHS Payment, onde você vai pagar o NHS, o serviço de saúde do Reino Unido. O valor é de USD 840,00 e você deve usar um cartão de crédito internacional;

– A sexta e última etapa é o pagamento do visto em si.  O valor é de USD 2.132,00 e você também deve usar um cartão de crédito internacional para efetuar o pagamento.

OBS: Existem mais duas abas nesse site (as que aparecem em cinza na imagem), uma é a de Register at Commercial Partner, que não serve pra nada, e a outra é pra você imprimir a sua Aplication. Eu imprimi, assinei e levei no dia, mas eles não usaram, pois já a tem registrada no sistema.

 

6 – Colocar os documentos em ordem

– Primeiro você deve imprimir os bar codes que irão separar os documentos em sessões distintas. Você os encontra nesse link aqui;

– Imprimir toda a documentação listada aí em cima em formato A4;

– A ordem é a seguinte:

Evidência de emprego – aqui você coloca todas as evidências de trabalho atuais do brasileiro (aqueles que estão te provendo fonte de renda no momento ou algum contrato de trabalho que você já tenha no Reino Unido).

Evidência Financeira – Trata-se das evidências financeiras do brasileiro e não do seu Sponsor (ele tem um bar code só pra ele). Aqui eu coloquei meu extrato bancário, impresso em papel timbrado e carimbado pelo banco. Não traduzi esse documento, mas se você conseguir um extrato em inglês é melhor.

Certificados educacionais – Coloquei meus diplomas universitários e o diploma do IELTS.

Evidência do Patrocinador – Todos os documentos do seu patrocinador que listei ali em cima no ítem 2.

Cartas de consentimento e provas de relacionamento – Aqui coloquei minhas certidões de nascimento, casamento, suas traduções juramentadas e todas as fotos e prints que comprovam nosso relacionamento.

Acomodação Permanente / Temporária – O contrato de aluguel ou qualquer documento que comprove onde vocês vão morar no Reino Unido.

Appendix II – Impressão do formulário Appendix II que expliquei lá em cima no ítem 3.

Certificado de Tuberculose – não é necessário, pois brasileiros não precisam fazer o teste.

Documentos adicionais / Outros – Aqui coloquei os comprovantes de pagamento do visto e do IHS e cópia do meu passaporte antigo

Atenção: não colocar clipes, grampos, nem encadernar os documentos. Eles precisam estar em formato A4, soltos e em ordem para que o funcionário da VSF Global possa escaneá-los

Além desses documentos você deve levar no dia o comprovante de agendamento na VSF Global (é a primeira coisa que eles pedem).

Nosso processo ficou com 191 páginas no total.

Londres

7 – Entrega dos documentos

– Você marcou a data para entrega dos documentos lá no passo 5, lembra? Se prepare para chegar no local antes do horário marcado. Atrasos não são toleráveis.

– Não precisa ficar nervoso quando for entregar os documentos na VSF Global. Eles não farão nenhuma entrevista, só querem receber os documentos, o pagamento e pronto.

– Agora senta, relaxa e aproveita seus últimos dias no Brasil. O visto certamente vai demorar a sair, como o meu demorou. Você vai achar que não vai conseguir, como eu também achei que não fosse. Mas desde que você comprove por A+B que o relacionamento é verdadeiro e que vocês tem o dinheiro exigido para se sustentar, tá tudo certo.

8 – Agora vamos aos custos

  • Traduções juramentadas – R$395,00
  • Apostilamento das certidões de nascimento e casamento – R$105,00
  • Autenticações diversas – R$220,00 (dinheiro jogado no lixo. Não precisa autenticar nada)
  • IELTS – R$640
  • Taxa do visto – USD 2132,00
  • Taxa do IHS – USD 840,00
  • Taxa do Quick Process – R$2400,00 (dinheiro jogado no lixo, pois o prazo deveria ser de um mês e meu visto demorou 3 meses pra sair)
  • Taxa para manter meu passaporte comigo durante o processo – R$320,00

Espero que esse passo-a-passo te ajude a conseguir o visto de esposa de um cidadão britânico, para que você possa viver e morar legalmente no Reino Unido. Mas é importante ter em mente que cada caso é um caso, o que funcionou pra mim pode não funcionar pra você. Não se esquive em ler todo o site www.Gov.uk e outros blogs na internet, pois a gente nunca sabe quando as regras vão mudar.

Gostou do Post? Compartilhe!

– organize sua viagem e ganhe descontos –

Fazendo suas reservas pelos nossos links, você recebe descontos, nós ganhamos uma pequena comissão dos nossos parceiros e todo mundo viaja feliz.

leia também: