Rio Grande do Norte: De Pipa a São Miguel do Gostoso

por | abr 24, 2011

Em 2011 passei um carnaval cheio de cores em Olinda (que conto nesse post aqui) e fui curar a ressaca no Rio Grande do Norte – Pipa e São Miguel do Gostoso. Eu e Angelica, uma amiga que tinha chutado o balde pra viver um ano sabático (ai, que inveja!), botamos a mochila nas costas e o travesseiro à tira-colo e fomos viver!

Foram 5 horas de viagem de Recife pra lá. Pra quem vai de ônibus (R$60,00 pela Viação Progresso) tem que descer em Goianinha, que fica a 25km de Pipa,  e pegar um táxi, que sai por uns R$50,00, até a vila. Mas se você vai de Natal é pertinho, só 85Km e tem ônibus o tempo todo pra lá, pela Viação Oceano.

E depois dessa viagem estilo retirante nordestino (é muita animação, minha gente!), pós-carnaval, pós-multidão Pernambucana, pós-frevos e marchinhas, tudo que eu queria era uma cama limpinha, um banho quentinho e uma soneca silenciosa.

Sorte do dia: Angelica tem uma grande amiga que mora em Pipa e foi na casinha delícia dela que ficamos. Pilar, a mãe do fofíssimo bebê Victor, foi a melhor cicerone ever, com direito a casa, comida e roupa lavada!

E lá estávamos nós no paraíso aos olhos, ouvidos e mente. Ahhhh, o Nordeste que é bom demais! E Pipa é uma cidadezinha linda, do tipo Búzios há 30 anos. Restaurantes chiques, mas baratos. Praias divinas! Pousadas ótimas! Gente linda, de todos os lugares do mundo.

5 dias, 5 praias

Deslumbrantes e pra todos os gostos. De paradisíacas e semidesertas a praias mais animadas, com música, comida e uma ótima balada. 

1 – baia dos golfinhos

Praia linda, de água calminha. Não existem barracas de praia, somente vendedores ambulantes. É das mais selvagens praias de Pipa e pra chegar (se você for andando) tem que observar a tábua da maré e, óbvio, ir na maré baixa. Dizem que dá pra ver golfinhos por lá, mas eu não vi nenhum.

baia dos golfinhos pipa

2 – praia do giz e ponta do pirambu

Mordomia – essa era a palavra do dia! E lá fomos nós pro Day Use Ponta do Pirambu. Com R$50,00 de consumação você passa o dia num lugar divino, com comida e bebida boa, tomando banho de piscina e de mar, fazendo massagem… coisa de gente RYKAH!  É passeio imperdível e consideravelmente barato pra quem tá acostumado com a inflação do Sudeste.

ponta do pirambu

3 – praia do amor

A minha preferida! Linda, cheia de surfistas, com uma paisagem fantástica. A praia do amor já foi eleita uma das 10 praias mais bonitas do Brasil. Lá fiz a melhor massagem da minha vida. Peguei R$30,00 por 45 minutos no paraíso. E as caipirinhas, minha gente? Maracujá, Siriguela, Limão, Cajá. Com R$8,00 você experimenta todos os sabores do nordeste. São ou não são ótimos preços praticados?

praia do amor

4 – praia das minas

É a praia da desova das Tartarugas. Deserta, com um único restaurante, onde você fica horas e mais horas praticando o nAdismo (assim, com A mesmo. Do verbo não fazer nada), só curtindo o silêncio. No caminho você ainda passa pelo Chapadão, uma falésia vermelha, com a vista mais bonita do local (essa aí do lado). Perfeito pra assistir o pôr-do-sol.

praia das minas pipa

5 – praia do madeiro

É a praia dos surfistas, praia onde a montanha encontra o mar. O acesso é feito pelas escadas encravadas na falésia. É lindo de ver! Bom é pegar um táxi até o local (sai uns R$20,00), porque um pouquinho de mordomia também não faz mal a niguém. Ah, e nessa praia eu vi golfinhos!

praia do madeiro

 

gastronomia

Pipa também é famosa por ser um dos verdadeiros paraísos gastronômicos do nordeste. É uma das cidades de praia mais cosmopolitas da região, com sabores exóticos do Brasil e do exterior. Uma vez por ano, no mês de outubro, a cidade comemora o Festival Gastronômico de Pipa. Mas como eu não sou o tipo de turista gastronômica, provei poucos sabores, mas bons.

Restaurante Daz Arábia – comida árabe ótima e barata. Um sanduiche de R$15,00 dá pra duas pessoas (com pouca fome) + algumas pastinhas de hommos e baba ganoush… hummmm.

Restaurante OBÁ – comida chinesa, bem boa. A especialidade é o Yakissoba, mas o Shitake na manteiga é sensacional, também.

 

noite

Agitada, cheia de barzinhos com música ao vivo e DJ. Boate, gringos eufóricos e gente mais linda.

Boobalai – Barzinho fofo, com boa música, ótimo pra uma pré-night e uns “bons drink”.

Boate dos Calangos – é uma merda, mas numa noite onde você consegue Israelenses dispostos a animar a festa vale, né?

Bar OZ – Música eletrônica que os gringos amam.

E sempre tem uma festinha descolada por aqui, uma bandinha ao vivo por lá. É só caminhar pela Baía dos Golfinhos, que entretenimento não vai faltar.

serviÇo

Existem alguns caixas eletrônicos (Banco do Brasil, Bradesco & 24H) e casas de câmbio no centro.

Não é necessário alugar um carro, no máximo você pode pegar um táxi e não vai pagar mais de R$20,00 por nenhuma corrida.

Pipa Tem cerca de 300 dias de sol por ano e a temperatura é muito estável, em torno dos 28 graus. 

 

COMO CHEGAR EM PIPA

CARRO – O aeroporto mais próximo é o aeroporto internacional de Natal, que fica a 75km de Pipa. Dirigindo-se ao sul de Natal na BR-101, em aproximadamente 50km vire em Goianinha e siga em direção a Pipa. Leva cerca de 60 minutos para ir do aeroporto até Pipa.

ÔNIBUS – Também é possível pegar um ônibus até Pipa. A empresa Oceano opera diversos ônibus diariamente entre Natal e Pipa.

TÁXI – Sair do Aeroporto Augusto Severo em Natal e chegar em Pipa custa em torno de R$ 80,00 (oitenta reais), mas confirme aeroporto. 

 

São Miguel do Gostoso, onde o vento faz a curva

E daí que ficamos em Pipa por uns 6 dias, tempo suficiente pra curtir e relaxar, e seguimos viagem ao norte do Rio Grande do Norte, rumo a São Miguel do Gostoso. Pegamos um ônibus até a rodoviária de Natal e de lá pra São Miguel. Pinga-pinga retirantes nordestinas. Haja paciência e boa vontade pra aturar essa viagem! Conselho: alugue um carro.

Chegamos em Gostoso sem nenhuma reserva de hotel e, como já tava começando a baixa temporada, não tivemos problemas. A pousada escolhida foi a Porto do Trapiá. Incrível!! Por R$130,00 (pra duas pessoas) ficamos num bangalô lindo, na areia da praia com direito a café da manhã à beira da piscina.

sao miguel do gostoso

Uma pena que nessa época a maioria dos restaurantes está fechada e a cidade fica vazia. Então, para mudar um pouco o ritmo, fomos passear pelos arredores. Alugamos um buggy com mais duas pessoas e fomos até Galinhos. Imperdível! São 90 km pela praia, bem ali onde o vento faz a curva, na esquina do Brasil. Passamos por Tourinhos, uma linda enseada onde pode-se nadar a vontade e com segurança, pela praia do Marco, onde aportou a primeira expedição portuguesa no Brasil, pelas vilas de pescadores, por onde o sertão encontra o mar, até chegarmos em Galinhos, onde fica uma enorme estação de energia eólica e várias dunas de sal, além, é claro, daquele marzão infinito pra ficar olhando, olhando, olhando. Jiboiando, jiboiando, jiboiando.

Gostoso é um dos melhores picos de kitesurf do Brasil. Na alta temporada fica apinhado de gente praticando o esporte. Não tivemos a sorte de encontrar loiros sarados e bronzeados no Dr. Wind, o bar/restaurante/escolinha de surfe que fica na beira da praia, mas que deve ser bom estar por lá nessa época, ah deve! 

 

gastronomia

Restaurante Espaço Mix – porque as batatas recheadas são ótimas.

O jardim do Seridó – porque é da família de uma amiga.

Madame Chita – porque é fofo!

Gostou do Post? Compartilhe!

Gostou do Post? Compartilhe!

– organize sua viagem e ganhe descontos –

Fazendo suas reservas pelos nossos links, você recebe descontos, nós ganhamos uma pequena comissão dos nossos parceiros e todo mundo viaja feliz.

leia também:

Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial